A festa num dia de casamento

Ou como a vossa felicidade nos faz felizes. Este poderia ser muito bem o título desta fotografia que vos deixo hoje. Passado algum tempo como fotógrafo de casamento, e ida a fase inicial onde a maior preocupação era fotografar, comecei a ver de ver e a ver para fotografar a importância que tem o estado daquele casal para com os que o rodeiam. Desde que chego a casa do noivo, normalmente o primeiro a visitar, até ao fim da festa quando já toda a gente em estado de sono ou a arrastar os sapatos de tanto dançar não posso deixar de me emocionar com a quantidade, e qualidade, de afectos trocados durante todo o dia. Não quer dizer que todos se beijem e abracem sem parar, mas o troca de olhares, sorrisos e risos, rostos satisfeitos e corpos cansados completamente entregues à partilha da vida e da festa, no fundo a sua celebração, não podem deixar de me afectar e de serem, sempre que o consigo, objecto da atenção das minhas máquinas fotográficas.

Da forma como titulei este texto seria de esperar um grupo de fotografias de gente a dançar, a fazer partidas uns aos outros, e jorrar festa nos corpos e nas caras. Para isso preferi esta fotografia exactamente antes do corte do bolo, quando o casal vai, simbolicamente, fazer a sua primeira acção em conjunto mas, sobretudo, agradecendo o todos os seus convidados o quanto foi importante partilharem com eles o seu dia, dividindo esse bolo de casamento por todos eles antes da partida para a vida que, a partir dali, vai ser de dois e levando como exemplo a importância dos afectos que sorveram durante todo o dia.

Tem sido uma experiência que não trocaria por nada durante este tempo, junto de gente que se gosta e o mostra sem constrangimentos como que dizendo que os afectos são aquilo que nos faz mais leves e satisfeitos, apesar de tudo o que nos cerca neste mundo complexo, e sempre que me seja possível não deixarei de os gravar como bom testemunho, tal deve ser o meu dever como fotógrafo de casamento. Penso, a sério, que é para o que sirvo.

Texto e Fotos: Fernando Colaço

3231

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.