A Wedding at Quinta da Taipa, Alenquer

THE WEDDING PHOTOGRAPHER BEST LIGHT

It was a wedding photographer morning. How are the wedding photographers mornings? Well, at least for me, the sky must not be completely clean, is a way to give a nice soft light, because a harsh light is no good to photograph a wedding  and a wedding is…people. And people faces does not like hard light. Faces in a wedding are smiling faces, faces in celebration and party. With a nice soft light everybody win. The photographer because can get better photos and the photographed because will be better in the photos.

In that great wedding photographer morning, I was with the groom in the day he will change to husband from here to a few hours. Euphoric. I do not need to spend words because the photos will show that and I am a photographer, not a writer. So that’s it with Pedro.

Some km after here I was the Filipa, the bride. It was at Quinta das Taipas, near Alenquer, under that light that this wedding photographer love. Like a princess, surrounded by her waiting maids, each one with a special thing to do and start to be prepared to the celebration that everybody want in the memory and in the heart. If something get away, the wedding photographer catch and keep.

And everything start. The begin command is spoken. The groom, flashy, wait for the bride which appear in the next moment, with a nervous serenity in her face, to a yes that all the presents want, because they love them, wishing them happiness for ever. That is how it should be. And that is all in photos. How I like it.

A LUZ DO FOTÓGRAFO DE CASAMENTO

Estava uma manhã para fotógrafo de casamento. Como são as manhãs de fotógrafos de casamentos? Bem, normalmente, pelo menos para mim, não deve estar um céu completamente limpo para não fazer uma luz dura de grande contraste que não é muito bom para quem vai fotografar, fundamentalmente, caras. E caras num casamento são caras bem dispostas, sorridentes, caras de quem está em celebração e festa. Se tiver uma luz mais suave, ganha o fotógrafo e ganham os fotografados.

Assim nessa manhã de fotógrafo de casamentos comecei com um noivo como de estar noivo em dia passar a marido dentro de poucas horas. Eufórico. Nem vale a pena gastar vocábulos que as fotografias são mesmo para isso ou não faria sentido o fotógrafo lá estar. Ficamos por aqui com o Pedro.

Uns quilómetros depois lá estava a Quinta da Taipas, ali para os lados de Alenquer, debaixo daquela luz que este fotógrafo de casamento gosta. Sol, mas sol macio. A noiva rodeada, qual princesa, de suas aias, cada uma com a sua função onde começa a ser preparada para celebração que se quer para sempre na memória e no coração. Se algum detalhe escapa o fotógrafo de casamento garante.

Depois começou tudo.

É dada a ordem de começar. Entra noivo, esfuziante, espera pela noiva que vem logo de seguida, contida, para um sim daqui a pouco onde todos desejam, porque os amam, que sejam felizes para sempre. É assim que deve ser. O resto está nas fotografias. Como eu gosto.

Texto e fotos: Fernando Colaço

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.