Again, a wedding at Quinta das Riscas

WHEN THE WEDDING PHOTOGRAPHER LIKE IT

Coming back to Quinta das Riscas, to photograph a new wedding it is , always, a great pleasure. First, because this place claim for photography, and have a special call for the gathering of the guests always surrounded by the serenity of the space and, second, because I am always very well received by the owners and the very professional staff that make sure the guests have everything they need in the right time.

To be with Sofia and Ricardo during the get ready and ceremony I only should expecte that this place was a sign of perfect accomplishment,  until the end of the day, because, here, I did some of the best photos of my entire career. From the garden, that I have been seeing growing up and become, when the end of the day magnificent light decide to lay down over the place as usual,  a fantastic scenario for the photography session with the couple, just before the smashing party, which it was. Just see the photos. 

I, always, leave Quinta das Riscas with a great sensation of job well done, really, as a wedding photographer.

QUANDO O FOTÓGRAFO DE CASAMENTO GOSTA

Voltar à Quinta das Riscas para fotografar um casamento é sempre um grande prazer. Em primeiro lugar porque é um espaço que chama pela fotografia, chama pelo grande convívio entre os convidados que se sentem sempre envolvidos pela serenidade do espaço e, em segundo, porque sou sempre muito bem recebido pelos donos e pessoal que garante, sempre com grande profissionalismo, o bom funcionamento do espaço.

Ter acompanhado a Sofia e o Ricardo durante a preparação e a cerimónia só podia ser, para mim, sinal de perfeita finalização o facto de, neste espaço, ter sempre feito das melhores fotografias de casamento durante a minha carreira. Desde o jardim, que tenho vindo a ver crescer ao longo do tempo e, cada vez mais, se tem transformado no cenário perfeito para, com a sempre magnífica luz de fim de dia que ali se derrama, a sessão fotográfica, com o casal, antes da festa de arromba, que no caso, o foi mesmo. Basta ver pelas fotos.

Saio sempre da Quinta das Riscas com a sensação de dever, mesmo, cumprido como fotógrafo de casamento.

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.