ABOUT

THE EMOTION OF THE TIES by Fernando Colaço, wedding photographer

Many times I ask myself about the reason I insist doing photography.  After a nice profissional career in the several areas of the photography trade, and before as a amateur (the one who love the subject he do), why I find myself with this self satisfaction, and be thankful, in this thing called wedding photography.

I always find the same answer: people. Everytime I try to think about this, or pick up a photographic camera, my direction is always to the people. I could have chose a different kind of photography, maybe more accept by  the knowledge people, but wedding photography fill the concept: photographing people doing things that people do.

But, sometimes, we do not choose what we do. The things we do chose us. By chance we are picked by something that will define us for the rest of our life. It happened to me. By chance I did some photos in a wedding and I found there everything I like in photography: people, people and people. People with ties. Family ties, friendship ties, love ties and, specially,  ties for the future. Well, with some flowers, decorated tables and pointing signs.

My name is Fernando Colaço and that was the reason why I am a wedding photographer. That is why I commit myself to do all my best at every single moment in the wedding day. Inconditionaly.

At your service

Fernando Colaço

 

A EMOÇÃO DOS LAÇOS por Fernando Colaço, Fotógrafo de casamento

Muitas vezes me pergunto a razão porque insisto em fazer Fotografia. Depois de uma carreira profissional em várias áreas da fotografia e, de muito antes, como amador (aquele que ama o que faz), depois de ter experimentado quase todas as áreas da Fotografia, algumas muito prestigiadas, me encontro com tão grande satisfação a fotografar casamentos e a bendizer a hora em que o decidi fazer.
Vou dar sempre à mesma resposta: as pessoas. Por mais que pense sobre o assunto, ou pegue numa Máquina Fotográfica, a direcção é sempre no sentido das pessoas. Poderia ter escolhido áreas mais reconhecidas tanto pelo público como pelos entendidos. O fotojornalismo de reportagem de notícias cabe no conceito: fotografar pessoas, políticos, guerras ou desporto, etc. Na moda e no desporto também existem pessoas como assunto principal.
Mas às vezes não somos nós que escolhemos o que fazemos. É o que iremos fazer que nos escolhe e uma vez experimentado não conseguimos deixar de querer voltar. Torna-se parte de nós. Foi o que aconteceu com a Fotografia de Casamento: ali encontrei, num único dia, todas as componentes da Fotografia Profissional. A reportagem, o retrato, o produto e, fundamentalmente as emoções das pessoas em situações emocionalmente justificadas pelos laços. Laços de família, laços de amizade e laços de amor e, fundamentalmente, laços apontados ao futuro.
O meu nome é Fernando Colaço e é por isso que sou Fotógrafo de Casamento. É por isso que me empenho para poder entregar a quem me contrata o melhor que naquele momento consegui: incondicionalmente.

Ao vosso dispor
Fernando Colaço

Share This: