Namoro nos jardins da Gulbenkian

Jardins da Gulbenkian, meados de Julho mesmo ao fim da tarde, a hora das fotografias. Vindos quase directos de Singapura onde estudam encontramo-nos e depois de, finalmente, nos conhecermos começámos a nossa sessão.

Faz muitos anos que tinha estado naquele jardim e para coisa completamente diferente que agora não vem à letra e foi, para mim, uma surpresa aquela mini floresta no meio da cidade de Lisboa. Eu, já devem ter reparado, gosto muito de fotografar no meio de arvoredo para transformar em manchas e ambientes especiais e, ali, foi de aproveitar e bem.

Devo dizer que a Francisca e o André estiveram à altura e contribuiram para uma boa ligação pra ao dia seguinte na Quinta do Vale onde foi o casamento. Não vale a pena mais palavras porque as fotografias é que devem ser as rainhas. Cá vão elas:

Gulbenkian gardens, middle July at the end of the day, photography time. Arriving from Singapura, where they are studying, almost directly we, at last, meet each other and start our engagement session.

Several years passed  away since the last time I was in that garden  in a complete different thing that is not important for the moment and, for me, it was a completely surprise that mini forest in the middle of Lisbon. And I, because I like to photograph between trees and branches to transform trough my lens, was in the perfect spot and profit well.

I must say that Francisca and André went very well and made a very good connection for the next day at Quinta do Vale where the wedding took place. No more words and let´s talk the photos, they deserve the attention. Here they are:

Texto e fotos. Text and Photos: Fernando Colaço

N-0006

 

N-0031

 

N-0055

 

N-0096

 

N-0120

 

N-0142

 

N-0148

 

N-0179

 

N-0198

 

N-0206

 

N-0227

 

N-0354

 

N-0383

 

N-0384

 

N-0402

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.