Sintra, mais uma vez, como cenário

Aquela tarde estava de luz a favor para a fotografia. Como um viciado é sem esforço que levo a Ana e o Rui para o alto da Serra de Sintra. A Peninha tem qualquer coisa de mágico que arrasta os fotógrafos, amadores ou profissionais, de paisagem ou de moda, de publicidade ou casamentos como abelha ao mel.

De caminho fizemos a, sempre lindíssima, estrada da Lagoa Azul/Serra onde passámos pela Penha Longa, lugar feito, quase de propósito, para a celebração de casamentos.

De facto aquela floresta antiga produz uma luz tão mágica, as árvores um cenário tão completo, onde os nossos namorados se encaixam maravilhosamente que é, quase,  impossível fugir dela.

Assim foi um entardecer que nos transportou para um viver intensamente esta sessão de namoro. As fotografias fluíam ao sabor do passeio que se fazia entre as árvores, as trepadeiras abençoavam com seu rendilhado aqueles fundos de imagem que tanto gosto.

Mais uma vez, como fotógrafo de casamento, penso ter cumprido o meu principal objectivo: produzir fotografias onde o casal, depois, se sinta retratado com toda a dignidade que merece.

Ana e Rui, obrigado.

Texto e Fotos: Fernando Colaço


0084

 

0113

 

0145

 

0159

 

0168

 

0179

 

0197

 

0206

 

0213

 

0230

 

0260

 

0292

 

0307

 

0315

 

0356

 

0360

 

0377

Share This:

One Response to “Sintra, mais uma vez, como cenário”

  1. Annie Warren

    The light in these images is just gorgeous. The first one is my favourite. Wow!

Leave a Comment

  • (will not be published)

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.