Um casamento entre automóveis

É engraçado como aquilo que gostamos serve de gerador de energia e nos faz mover na nossa comunicação com os outros e até, com o que nos rodeia. Todos nós temos aquele assunto que nos faz saltar uma rolha e aí vai, agora aturem-me.

Da minha parte sei quais são. Embora tenha a possibilidade de falar da generalidade da vida e das coisas dela, outras existem de que não sei assunto, como o futebol ( eu sei, imperdoável) e outras me fazem, sem por isso dar, um chato para quem não quer saber ou num prolongar de puxa mais assunto com quem também por isso tem doidice.

Não vale a pena entrar nos meus desequilíbrios que me equilibram mas achei muita graça quando via os olhos do Nuno a brilhar assim que os seus automóveis antigos vinham à baila, ou à vista. Fotografá-lo junto seus carros dava para sentir que aquilo de que fez vida lhe estava lá dentro como motor inseparável da mesma. Foi assim que a Mónica e Nuno tiveram como tema, assunto e cenário para o seu casamento os automóveis que coleccionam e têm todo o orgulho em mostrar. O fotógrafo de casamento de serviço teve o cuidado de aproveitar porque sim e porque não vai ter outra oportunidade tão cedo.

É verdade que nesse dia estive junto de alguém que, embora com outros brinquedos, acende aquela intensidade no brilho dos olhos quando está rodeado dessas coisas que a cada um de nós nos faz sentir especiais e nos dão o tempero necessário para suportar as outras que temos que saborear mas cujo tempero não nos é tão agradável.. Ainda bem e que assim possa, sempre, continuar. Para mim foi um prazer, tanto a fotografar o casamento como simplesmente a observar. Só tenho que agradecer.

Texto e Fotos: Fernando Colaço

 

Share This:

Leave a Comment

  • (will not be published)

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.